Sobre o Programa de Residência Médica do Hospital Santa Casa de Misericórdia de Vitória (HSCMV)

O Programa de Residência Médica do Hospital da Santa Casa de Misericórdia de Vitória foi instituído pelo Decreto nº 80.281, de 05 de setembro de 1977 e é regulamentado pela Lei nº 6.931, de 07/07/81 bem como por resoluções e outras normas da Comissão Nacional de Residência Médica.

O treinamento proposto ocorre sob acompanhamento e orientação de profissionais médicos de elevada qualificação profissional e ética.

A Comissão de Residência Médica (COREME) da HCMV foi instituída pela Portaria nº 012/94, publicada em 04/04/1994.

Informações adicionais poderão ser obtidas na Secretaria da Residência Médica do Hospital da Santa Casa de Misericórdia de Vitória, pelo telefone (27) 3212-7223 ou pelo e-mail: residencia@santacasavitoria.org

Inscrições Encerradas

Supervisora Residência Médica de Anestesiologia:
Dra. Viviane Oliveira Nogueira Ferrari

OBJETIVOS:

O objetivo da residência em anestesiologia é fornecer aos médicos residentes uma formação abrangente e especializada na área da anestesiologia. Durante a residência, os médicos adquirem conhecimentos teóricos e práticos sobre a administração de anestesia, monitoramento do paciente durante procedimentos cirúrgicos, manejo da dor pós-operatória e cuidados intensivos.

O objetivo principal é capacitar os médicos residentes a se tornarem anestesiologistas competentes e seguros, capazes de lidar com uma variedade de situações clínicas e cirúrgicas. Isso inclui a capacidade de avaliar o estado de saúde do paciente, escolher a técnica anestésica adequada, administrar medicamentos anestésicos de forma segura e eficaz, monitorar o paciente durante o procedimento cirúrgico e gerenciar complicações que possam surgir.

Além disso, a residência em anestesiologia também tem como objetivo desenvolver habilidades de comunicação e trabalho em equipe, uma vez que os anestesiologistas frequentemente trabalham em colaboração com outros profissionais de saúde durante os procedimentos cirúrgicos.

Supervisor Programa de Residência Médica de Medicina Intensiva:
Dr. Jansen Giesen Falcão

OBJETIVOS
Desenvolver os conhecimentos teóricos e habilidades práticas em Medicina Intensiva capacitando o médico a identificar os problemas e buscar as melhores soluções para o cuidado do paciente gravemente enfermo de forma ética, humana e segura. Ao final do programa, o médico intensivista deverá estar apto para atuar, coordenar e gerenciar todos os processos assistenciais, operacionais e estratégicos em unidades de urgência e emergência, equipes de resposta rápida, Unidades de Terapia Intensiva (UTI), Unidades de Cuidados Intermediários (UCI) ou Unidades Semi-intensivas. Deverá também estar capacitado para participar das intersecções da sua especialidade com as demais especialidades médicas ou interdisciplinares de outras unidades hospitalares, da gestão e a posicionar-se como especialista frente a comunidade como um todo.

Credenciado pelo Parecer CNRM/MEC nº 747/2022, de 24/02/2022

Supervisor do Programa de Cirurgia Torácica

Dr. Décio Sesquim

 

OBJETIVOS
A residência médica em Cirurgia Torácica do Hospital da Santa Casa de Misericórdia de Vitória (HSCMV) visa formar profissionais com competência técnica nos diversos procedimentais relacionados à especialidade. Além disso, permitir que o egresso tenha conhecimento aprofundado nas diversas doenças pneumológicas e ainda, amplo contato com radiologia torácica e manejo do paciente grave em cuidados intensivos.

Por ser uma instituição de referência, o serviço de pneumologia e cirurgia torácica do HSCMV tem vasta experiência em cirurgias complexas como aquelas para tratamento da tuberculose e do Câncer de Pulmão. O serviço de oncologia é bastante atuante, fazendo com que o volume de pacientes atendidos seja cada vez mais expressivo.

O residente em cirurgia torácica da HSCMV faz estágio contínuo e obrigatório em cirurgia torácica pediátrica e em hospitais privados para ter acesso às tecnologias e materiais muitas vezes não disponibilizados no sistema público.

Credenciado pelo Parecer CNRM/MEC nº 1249/2017, de 14/12/2017

Supervisor Programa de Residência Médica de Oftalmologia

Dr Murilo Gianordoli Soares

 

OBJETIVOS
O Depto. de Oftalmologia é responsável, integralmente, pela formação dos médicos residentes do serviço de oftalmologia ao longo de três anos. Tem como objetivo:

  1. Aprimorar a capacidade técnico-assistencial do médico residente em Oftalmologia, nos três níveis de atenção á saúde (primário, secundário e terciário), participando nos ambientes de ambulatório, centro cirúrgico e unidades conveniadas, por meio da assistência direta ao paciente, sob supervisão de preceptores e médicos assistente.
  2. Desenvolver campanhas comunitárias através de ações preventivas e terapêuticas, dando ênfase especial aos segmentos sociais mais vulneráveis às doenças oculares e cegueira, das crianças aos idosos.

 

Missão: Prevenir a cegueira, prover a qualidade visual e contribuir para o avanço da Oftalmologia, tornando esta moderna e acessível a todos, independentemente de raça e condições sócio-econômicas-culturais.

Valores: Ética, Transparência, Comprometimento, Liderança e Respeito. Conteúdo e Estratégias o aprendizado durante a residência será essencialmente teórico-prático, a partir dos pacientes assistidos nos diferentes estágios e por meio de sessões clínicas, clube da revista, discussão de casos e grupos de estudos.

Credenciado pelo Parecer CNRM/MEC nº. 1205/2017, de 14/12/2017

Supervisora Residência Médica de Clinica Médica

Dr. Maria Elisa Assbu de Mendonça

 

OBJETIVOS
A Residência em Clínica Médica tem como objetivo oferecer conhecimentos teóricos e treinamento prático para que o médico seja capaz de interpretar e conduzir situações clínicas, no ambiente de Medicina Interna assim como nas grandes especialidades, do ponto de vista técnico-assistencial, ético e humanístico.

Os médicos que finalizam a residência de clínica médica são especialistas que aplicam o conhecimento científico e experiência clínica desde o atendimento primário até naqueles pacientes criticamente enfermos.

Destacam-se entre os principais objetivos:

Formar médicos clínicos capazes de prestar atendimento de excelência a pacientes em todas as variadas situações clínicas, bem como exercer a especialidade com qualidade, com ética e de forma humanizada. Além disso, desenvolver raciocínio clínico e estimular a racionalidade e eficiência no processo de decisões quanto ao uso de recursos humanos e tecnológicos e estimular o interesse em pesquisa científica.

Credenciado pelo Parecer CNRM/MEC nº 1220/2017, de 14/12/2017

Supervisor Residência Médica de Geriatria

Dr. Renato Lírio Morelato

 

OBJETIVOS
É a especialidade médica que se integra na área da Gerontologia com o instrumental específico para atender aos objetivos da promoção da saúde, da prevenção e do tratamento das doenças, da reabilitação funcional e dos cuidados paliativos. O geriatra é um médico que utiliza uma abordagem ampla para a avaliação clínica, incluindo aspectos psicossociais, escalas e testes.

Cuidar da saúde e das doenças da velhice nos aspectos físicos, cognitivos, funcionais e sociais, nos cuidados agudos, crônicos, de reabilitação, preventivos e cuidados paliativos dos idosos.

Oferecendo abordagem multidimensional, atuando em equipe interdisciplinar e com o objetivo principal de garantir e aperfeiçoar a capacidade funcional e melhorar a qualidade de vida dos idosos.

Credenciado pelo Parecer CNRM/MEC nº. 1387/2021, de 19/11/2021

Supervisor Residência Médica de Cirurgia Geral

Dr. Eron Machado Cobe

 

OBJETIVOS

Aprimorar habilidades técnicas, o raciocínio clínico e a capacidade de tomar decisões.

Desenvolver atitudes que permitam valorizar a significação dos fatores somáticos, psicológicos e sociais que interferem nas doenças.

Valorizar as ações de saúde de caráter preventivo.

Valorizar as práticas baseadas em evidências científicas.

Valorizar a relação médico-paciente, considerando as questões culturais, religiosas, étnicas e de gênero.

Promover integração do médico em equipes multiprofissionais para prestação de assistência aos pacientes.

Estimular a capacidade de aprendizagem independente e de participação em programas de educação continuada.

– Estimular a capacidade de crítica da atividade médica, considerando-a em seus aspectos científicos, éticos e sociais.

– Formular os objetivos intermediários, ou seja, por ano de atividade do médico residente.

Credenciado pelo Parecer CNRM/MEC nº. 1217/2017, de 14/12/2017

Supervisor Residência Médica de Ginecologia e Obstetrícia

Prof.Dr. Antonio Chambô Filho

 

OBJETIVOS
Desenvolver atenção ao parto normal, fisiológico, com atenção especial ao monitoramento por partograma, assistência às urgências e emergências obstétricas (pré-eclampsia, eclampsia, hemorragias e abortos) e assistência ao recém-nascido em sala de parto, incluindo reanimação neonatal.

Atenção aos programas de apoio a vítima de violência sexual.

Valorização a relação médico-paciente, ética profissional, trabalho em equipe, questões culturais/regionais, étnicas e de gênero, atenção as Políticas Públicas na área de Saúde da Mulher.

Humanizar o pré-natal, parto e puerpério.

Valorizar entre os residentes das práticas baseadas em evidências científicas, estímulo ao trabalho em equipe multiprofissional.

Aprimorar habilidades técnicas, o raciocínio clínico e a capacidade de tomar decisões.

Desenvolver atitudes que permitam valorizar a significação dos fatores somáticos, psicológicos e sociais que interferem na doença.

Valorizar as ações de saúde de caráter preventivo.

Promover a integração do médico em equipes multiprofissionais para prestação de assistência aos pacientes.

Estimular a capacidade de aprendizagem independente e de participação em programas de educação continuada.

Estimular a capacidade de crítica da atividade médica, considerando-a em seus aspectos científicos, éticos e morais. Identificar as doenças de interesse tocoginecológicos clínicos e cirúrgicos.

Realizar a avaliação e preparo pré-operatório nos casos não complicados e em presença das complicações mais comuns.

Conhecimento básico nas sub-especialidades como oncologia ginecológica, patologia cervical infertilidade, mastologia, endoscopia, infanto-puberal, climatério, alto-risco, puerpério, DIG (Doença Trofoblástica da Gestão).

Acompanhamento da gestação normal e conclusão da mesma.

Realização e acompanhamento das intervenções cirúrgicas em obstetrícia.

Conhecimento básico nas propedêuticas toco-ginecológico.

Treinamento em cirurgia ginecológica a doenças benignas e malignas.

Credenciado pelo Parecer CNRM/MEC nº 80/2021, de 19/02/2021

Supervisor Residência Médica de Cardiologia

Dr. Roberto Ramos Barbosa

 

OBJETIVOS
Formação de profissional médico(a) especialista em cardiologia clínica, apto ao atendimento de pacientes cardiopatas ou em prevenção cardiovascular primária, de forma ética e compromissada, capaz de protagonizar a assistência e as condutas médicas nas diversas áreas de atuação desta especialidade: Pronto-atendimento e Pronto-Socorro, Sala de Emergência, Unidade de Terapia Intensiva e Unidade Coronária, pós-operatório de cirurgia cardíaca, enfermarias e unidades de internação hospitalar e ambulatórios.

Credenciado pelo Parecer CNRM/MEC nº 1327/2017, de 14/12/2017/ Aprovado pela SBOT

Supervisor Programa de Residência Médica de Ortopedia e Traumatologia

Dr. Chárbel Jacob Júnior

 

OBJETIVOS
Aprimorar a habilidade técnica, o raciocínio clínico e cirúrgico.

Promover a relação medica – paciente

Estimular a relação do residente com equipes multidisciplinares

Promover o desenvolvimento intelectual do residente para que ele possa ser aprovado na prova de título de especialista SBOT.

Credenciado pelo Parecer CNRM/MEC nº 1291/2017, de 14/12/2017

Supervisora Residência Médica de Oncologia Clínica

Dr Alfredo Antonio Cardoso

 

OBJETIVOS
Formar e habilitar médicos na área da Oncologia Clínica com competências que os capacitem a dirimir as situações, os problemas e os dilemas na área da Oncologia e dominar a realização dos procedimentos diagnósticos e terapêuticos da especialidade, desenvolvendo um pensamento crítico-reflexivo em relação à literatura médica, tornando-os progressivamente responsáveis e independentes.

Tornar o médico residente apto a executar de forma independente e segura os diagnósticos e tratamentos na Oncologia Clínica.

Desenvolver e aprimorar habilidades técnicas, raciocínio e a capacidade de tomar decisões na área de Oncologia Clínica.

Realizar avaliação do paciente, utilizando o domínio dos conteúdos de informações gerais, exame clínico e interpretação dos exames complementares, contribuindo à redução do risco terapêutico.

Valorizar a significação dos fatores somáticos, psicológicos e sociais que interferem na saúde.

Estimar e promover as ações de saúde de caráter preventivo concernentes à segurança do paciente.

Promover a integração do médico em equipes multiprofissionais na assistência aos pacientes.

Estimular a educação permanente.

Valorizar a capacidade crítica e reflexiva da atividade médica, no âmbito da Oncologia, considerando-a em seus aspectos científicos, éticos e sociais.

Dominar as técnicas diagnósticas, laboratoriais e radiológicas, relacionadas às afecções oncológicas.

Credenciado pelo Parecer CNRM/MEC nº. 1248/2017, de 14/12/2017

Supervisora Residência Médica de Neonatologia:

Drª. Consuêlo Maria Caiafa Freire Junqueira

 

OBJETIVOS
O programa de Residência Médica em Neonatologia visa a habilitação de pediatras no atendimento de recém-nascidos a termo e prematuros.

Valorização de conteúdos e atividades relacionadas ao acompanhamento do crescimento e desenvolvimento da criança desde o nascimento até no mínimo 28 dias de vida.

Aprimoramento do médico pediatra na sua formação neonatal, incorporando habilidades específicas para o atendimento de pacientes desde o nascimento até no mínimo 28 dias de vida.

Habilidades desenvolvidas em vários cenários de práticas que incluem o pré-natal, atendimento em sala de parto, alojamento conjunto, unidades de cuidados intermediários e intensivos, transporte intra/extra hospitalar e acompanhamento ambulatorial de neonatos de risco.

Habilidades para desempenhar gerência de serviços de neonatologia.

Credenciado pelo Parecer CNRM/MEC nº. 1341/2019, de 12/12/2019

Supervisora Residência Médica de Dermatologia

Drª. Karina Demoner de Abreu Sarmenghi

 

OBJETIVOS
O Programa de Residência Médica do Departamento de Dermatologia do Hospital Santa Casa de Misericórdia de Vitória oferece anualmente 02 vagas de acesso direto, tendo como pré-requisito a graduação completa em Medicina. A duração total do Programa é de 03 anos. O ingresso no Programa se dá via concurso público anual.

A grade atual do Programa contempla nos primeiros 6 meses do primeiro ano de residência rotação em estágios para formação básica em Clínica Médica focada em áreas com interface com a especialidade de Dermatologia. Durante esse período, os residentes realizam estágio na Unidade de Terapia Intensiva do Pronto-Socorro, Enfermaria de Clínica Médica, serviço de Infectologia, além dos ambulatórios de Reumatologia, Hematologia e Endocrinologia.

A partir do 2º semestre do primeiro ano, os estágios no Departamento de Dermatologia incluem:

– Ambulatório de dermatologia geral

– Evolução e serviço de interconsulta de pacientes internados no Hospital Santa Casa de Misericórdia de Vitória

– Cirurgia dermatológica, com realização de procedimentos ambulatoriais e em centro cirúrgico de tumores benignos e malignos, incluindo cirurgias ungueais

– Ambulatórios de especialidades (hanseníase, oncologia, fototerapia, tricologia, psoríase/imunobiológicos, terapia sistêmica)

– Dermatopatologia

– Cosmiatria, com realização de procedimentos estéticos tais como aplicação de toxina botulínica, preenchedores cutâneos, peelings químicos, microagulhamento, laser e outras tecnologias.

O objetivo do programa é habilitar o residente a diagnosticar e tratar pacientes com desordens da pele e mucosas adjacentes, anexos cutâneos, cabelos, unhas e tecido celular subcutâneo, permitindo o reconhecimento da dermatologia como especialidade clínico-cirúrgica. Após a conclusão do programa o aluno está apto a retirar seu registro de qualificação de especialista (RQE) pelo CRM e realizar o concurso para filiação titular pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, filiada à Associação Médica Brasileira.

01

Chamadas

02

Resultados

03

Editais

04

Gabaritos

Residência Médica

O Programa de Residência Médica do Hospital da Santa Casa de Misericórdia de Vitória foi instituído pelo Decreto n.º 80.281, de 05 de setembro de 1977 e é regulamentado pela Lei n.º 6.931, de 07/07/81 bem como por resoluções e outras normas da Comissão Nacional de Residência Médica.


O treinamento proposto ocorre sob acompanhamento e orientação de profissionais médicos de elevada qualificação profissional e ética.


A Comissão de Residência Médica (COREME) do HSCMV foi instituída pela Portaria n.º 012/94, publicada em 04/04/1994.
A Residência Médica do Hospital Santa Casa de Misericórdia de Vitória constitui modalidade de ensino de pós-graduação, destinada a médicos, sob forma de cursos de especialização lato sensu, caracterizada por treinamento em serviço; com a carga horária de 2.880 horas/anual segundo normas da Comissão Nacional de Residência Médica-CNRM/MECe sob a orientação de médicos do Hospital, qualificados para tanto em todos os aspectos do exercício da atividade médica.


O Objetivo é formar profissionais competentes, aptos ao exercício de especialidades em diversas áreas da medicina. Ao final do período da residência o profissional deverá demonstrar as seguintes competências e habilidades;
a)Aprimoradas habilidades técnicas, raciocínio e capacidade de tomar decisões;
b)Atitudes adequadas que permitam valorizar a significação dos fatores somáticos, psicológicos e sociais que interferem na doença;
c) Entendimento apropriado da profissão médica de forma a valorizar as ações de saúde de caráter preventivo;
d) Competência para promover a integração do médico em equipe multiprofissional para prestação de assistência aos pacientes;
e) Capacidade de aprendizagem independente e de participação em Programas de Educação Continuada;
f) Capacidade de crítica da atividade médica, considerando-a em seus aspectos científicos, éticos e sociais.
g) Na obtenção do certificado de conclusão da Residência Médica está condicionada ao cumprimento integral da carga horária de treinamento em serviço e a aceitação comprovada de artigo científico para publicação em revista indexada.


O aprendizado nunca tem fim. A começar por nossas características principais: somos um HOSPITAL ESCOLA, aliando prática assistencial ao ensino e à pesquisa, temos o ambiente ideal para fazer ciência. Constantemente, as equipes apresentam em congressos no Brasil e no mundo, estudos e pesquisas desenvolvidas na Santa Casa.


O Programa de Residência Médica da Santa Casa de Vitória atrai médicos formandos em diferentes Estados do País, para especialização em Vitória. Atualmente, oferecemos 12 programas de Residência Médica, e já formamos mais de 600 médicos uma importante fonte de conhecimento para o mercado.

Telefone: (27) 3212-7223

E-mail: residencia@santacasavitoria.org

PROCESSO SELETIVO 2022/1 – FINALIZADO

RESULTADO FINAL – RM 2022 – CIRURGIA TORÁCICA

EDITAL SIMPLIFICADO ONCOLOGIA CLÍNICA E CIRURGIA TORÁCICA

ANEXO I – ANÁLISE CURRICULAR

RESULTADO FINAL – RM2022 – MEDICINA INTENSIVA

ERRATA EDITAL SIMPLIFICADO 02/2022 – MATRÍCULAS

ADIAMENTO DO RESULTADO DO PROCESSO SELETIVO DE RESIDÊNCIA MÉDICA ACESSO DIRETO – MEDICINA INTENSIVA 2022

ANÁLISE CURRICULAR MEDICINA INTENSIVA

EDITAL SIMPLIFICADO MEDICINA INTENSIVA

EDITAL ACESSO DIRETO -HOSPITAL SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE VITÓRIA-ES

EDITAL PRÉ-REQUISITO- HOSPITAL SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE VITÓRIA-ES

CURRICULO EDITAL ACESSO DIRETO

CURRICULO EDITAL PRÉ-REQUISITO

Errata do Edital 02/2022 – Pré-Requisito

15ª CHAMADA DE SUPLENTES – ACESSO DIRETO (horário de divulgação 10h)

14ª CHAMADA DE SUPLENTES – ACESSO DIRETO (horário de divulgação 11h)

13º CHAMADA DE SUPLENTES – ACESSO DIRETO  (horário de divulgação 11h05min)

1ª CHAMADA DE SUPLENTES – PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA – MEDICINA INTENSIVA (horário de divulgação 13h35min)

12ª CHAMADA DE SUPLENTES – ACESSO DIRETO (horário de divulgação 15h15min)

11ª CHAMADA DE SUPLENTES – ACESSO DIRETO (horário de divulgação 11h40min)

10ª CHAMADA DE SUPLENTES – ACESSO DIRETO (horário de divulgação 07h35min)

9ª CHAMADA DE SUPLENTES – ACESSO DIRETO (horário de divulgação 14h50min)

8ª CHAMADA DE SUPLENTES – ACESSO DIRETO (horário de divulgação 09h30min)

7ª CHAMADA DE SUPLENTES – PRÉ-REQUISITO (horário de divulgação 09h30min)

7ª CHAMADA DE SUPLENTES – ACESSO DIRETO (horário de divulgação 09h40min)

6ª CHAMADA DE SUPLENTES – ACESSO DIRETO  (horário de divulgação 11h45min)

6ª CHAMADA DE SUPLENTES – PRÉ-REQUISITO (horário de divulgação 09h15min)

5ª CHAMADA DE SUPLENTES – ACESSO DIRETO (horário de divulgação 11h20min)

5ª CHAMADA DE SUPLENTES – PRE-REQUISITO (horário de divulgação 15h10min)

4ª CHAMADA DE SUPLENTES – ACESSO DIRETO (horário de divulgação 14h10min)

3ª CHAMADA DE SUPLENTES – ACESSO DIRETO (horário de divulgação 11h45min)

4ª CHAMADA DE SUPLENTES – PRE-REQUISITO (horário de divulgação 11h15min)

2ª CHAMADA DE SUPLENTES – ACESSO DIRETO (horário de divulgação 11h15min)

1ª CHAMADA DE SUPLENTES – ACESSO DIRETO (horário de divulgação 9h45min)

3ª CHAMADA DE SUPLENTES – PRE-REQUISITO (horário de divulgação 9h)

2ª CHAMADA DE SUPLENTES – PRE-REQUISITO ( horário de divulgação 8h30min)

1ª CHAMADA DE SUPLENTES – PRE-REQUISITO (horário de divulgação: 17h) 

RESULTADO FINAL – RM2022 – PRÉ-REQUISITO

RESULTADO FINAL – RM2022 – ACESSO DIRETO

GABARITO OFICIAL – RM2022 – ACESSO DIRETO – PÓS RECURSOS

GABARITO OFICIAL – RM2022 – ACESSO DIRETO

GABARITO OFICIAL – RM2022 – NEONATOLOGIA

GABARITO OFICIAL – RM2022 – CARDIOLOGIA – GERIATRIA – ONCOLOGIA

Formulário de Visita

OBS: a data de sugestão para visita será confirmada conforme disposição em nosso calendário.


OBS: será necessário a lista com nomes completos dos alunos e dos professores, a partir do momento da confirmação da visita a instituição.


Receba seu guia agora.

Preencha seus dados abaixo corretamente para receber em seu e-mail o guia gratuito.