Metodologia EaD

A metodologia de Ensino dos cursos a distância da Emescam está baseada na premissa de que o estudante deve desenvolver a autonomia intelectual, raciocínio lógico, pensamento crítico, inteligência emocional, liderança, trabalho em equipe, capacidade de resolver problemas,  comunicação assertiva, letramento digital, conhecimento técnico, habilidades e competências específicas de curso.

Considerando que a ação inovadora está relacionada com a adoção de práticas e procedimentos que oportunizam a criação ou o desenvolvimento de novos produtos ou ideias e permitam a melhoria de processos, apontando para ganhos de eficiência e para a adaptação inédita a situações que se apresentem.

A Emescam inova,  ressignificando as práticas pedagógicas,  valorizando a  a problematização, simulação e a significação da aprendizagem, investe em tecnologia, infraestrutura física,  sistema e  ações direcionadas pelos docentes e tutores para que os estudantes possam se aprofundar e ampliar os significados elaborados durante o processo de aprendizagem.

 Na prática,  o estudante se torna protagonista,  tem apoio, tempo  e incentivo para desenvolver o autoestudo, valorizando os  conhecimentos prévios e significados necessários, considerando a importância e eficiência da interação, os estudantes tem ambiente virtual próprio para interação entre os alunos  e professores  e momentos presenciais para avaliação, nos quais o estudante entende a avaliação como proximidade  e oportunidade de aprendizagem.

A Emescam entende que a  avaliação comprometida necessita fundamentar-se nos processos de aprendizagem, em seus aspectos cognitivos, afetivos e relacionais.

Além disso, a Emescam equilibra equilibra tradição com inovação,  é uma instituição  de Ensino onde a medicina reina, possui dois hospitais de ensino próprios, um centro de simulação realística e está preparada para oferta da modalidade a distância,  inovação e qualidade são o DNA da Emescam.

A imagem a seguir representa as características da ação inovadora proposta pela Emescam.

Organização de estudos:

Para colocar em prática o ciclo de ações inovadoras a  metodologia dos cursos a distância da Emescam prevê a distribuição dos conteúdos de cada semestre letivo em 20 semanas.  A figura abaixo ilustra essa distribuição.

Proposta imersiva e ativa

Semana de Integração- A Semana de integração acontece na primeira semana de cada semestre, é momento de acolhida dos alunos pelos professores, tutores e coordenador do curso.

Atividades de estudo- são compostas por questões objetivas, elaboradas de modo contextualizado, considerando uma abordagem imersiva,  pautados em situações problemas ou desafios reais do ambiente profissional.

Fóruns avaliativos- constituem atividades interativas  assíncronas e que tem por objetivo levar o aluno a construção de um conceito que atinja desde a reflexão do tema abordado até a concepção do conhecimento adquirido, pautado principalmente na aplicação dos conceitos na prática. Na atividade de fórum, os alunos tem a oportunidade debater com os demais colegas sobre o tema em questão e contribuir significativamente com seu conhecimento. Os Fóruns tem caráter avaliativo.

Atividades práticas anexas- tem o objetivo de viabilizar a aprendizagem significativa dos conceitos trabalhados nas disciplinas. Essa atividade pode ser constituída de um estudo de caso, de desenvolvimento de projetos, simulação da realidade ou   avaliação de um vídeo ou filme que verse sobre o tema tratado.

AVALIAÇÃO 1 (AV1)- Uma das avaliações do primeiro bimestre (AV1) deve ser uma prova individual, contendo questões objetivas e dissertativas, elaborada de acordo com as o conteúdo da disciplina  e as habilidades e competências a serem desenvolvidas.

AVALIAÇÃO 2 (AV2)- A outra avaliação ( AV2) pode contemplar as pesquisas, exercícios, trabalhos práticos, seminários, estudos de caso, portfólios, projetos integradores, visitas técnicas, relatórios, dentre outras atividades realizadas no âmbito de cada disciplina, ou entre disciplinas que visem à promoção da interdisciplinaridade dos conteúdos desenvolvidos.

Prova Substitutiva- O NEAD oferece a prova substitutiva em data prevista em calendário acadêmico aos estudantes que não puderam realizar a prova presencial obrigatória e àqueles que não obtiveram nota suficiente para aprovação na disciplina.

A média semestral é calculada pela média entre as médias bimestrais, e integralizará no total 10 (dez) pontos.

Será considerado aprovado automaticamente o aluno que obtiver, no mínimo, 70 (setenta) pontos apurados pela média semestral.

Para os alunos que obtiverem média semestral menor que 7,0 (sete) será oportunizada a aplicação do exame final.

O exame final é uma prova individual que abrange o conteúdo de todo o semestre contendo questões objetivas e dissertativas com valor total de 10 (dez) pontos.

O aluno que é submetido ao exame final tem a sua média final calculada da seguinte forma:

A média final será a média ponderada entre a nota do exame final que corresponderá a 40% e a média parcial alcançada no semestre que corresponderá a 60% da nota.

Para ser aprovado o aluno que faz o exame final deverá alcançar Média Final maior ou igual a 6,0 (seis).

Material Didático: Todos os alunos tem direito ao material didático que será disponibilizado no AVA, em formato eletrônico. Neste material, o aluno encontra os fundamentos teóricos e conceituais que lhe darão a base para todas as atividades que compõe o modelo pedagógico e principalmente a construção de seu conhecimento.

Enquete-  Auto avaliação da disciplina:  No decorrer de cada disciplina, é liberada uma enquete. Esta contempla a avaliação de aspectos como a qualidade da transmissão, a metodologia e o domínio de conteúdo do professor, além de uma autoavaliação, respondida pelo estudante. Essa enquete faz parte dos itens de avaliação da Comissão Própria de Avaliação, gerando indicadores para o acompanhamento das aulas ao vivo e supervisão do desempenho dos professores formadores.

Semana de Formação Geral–  O mundo contemporâneo exige dos seus cidadãos uma formação global. Desse modo, ao responder aos anseios destas novas demandas, o Ensino Superior assume papel importante, por isso a Semana de Conhecimentos Gerais da Emescam privilegia o desenvolvimento de competências gerais, tais como:

  • Fazer escolhas éticas, responsabilizando-se por suas consequências.
  • Formular e articular argumentos consistentes em situações sociocomunicativas, expressando-se com clareza, coerência e precisão.
  • Planejar e elaborar projetos de ação e intervenção, a partir da análise das necessidades, de forma coerente, em diferentes contextos.
  • Buscar soluções viáveis e inovadoras na resolução de situações-problema.
  • Trabalhar em equipe, promovendo a troca de informações e a participação coletiva, com autocontrole e flexibilidade.
  • Promover, em situações de conflito, diálogo e regras coletivas de convivência, integrando saberes e conhecimentos, compartilhando metas e objetivos coletivos.

Estas competências são atingidas, enaltecendo temáticas atuais e necessárias, como: (I) a inclusão social, Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista; (II) as questões políticas, econômicas e socioambientais; (III) o conhecimento e a valorização das culturas africana e indígena, como componentes formadores da sociedade brasileira, evidenciando a sua influência e contribuição; (IV) a compreensão a respeito das relações étnico-raciais e da diversidade cultural no Brasil; e (V) as questões de Direitos Humanos.

Distribuição da Carga Horária das Atividades do Curso

Na tabela a seguir, são apresentadas as atividades adotadas na Metodologia de Estudo do NEAD/Emescam. objetivando a distribuição da carga horária e o direcionamento do estudante, de modo a explorar e organizar melhor o seu tempo para os estudos.